segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Até sempre


Olá Pai. Faz hoje dois anos que partiste assim de repente, sem aviso prévio. Ficaram as saudades e as memórias. Mas sabem a pouco...

9 comentários:

teca disse...

Um convite iluminado para o sempre!

Beijos.

Justine disse...

A dor da ausência.A ternura das palavras. A luz do teu olhar. A beleza da fotografia, a unir tudo

al disse...

Teca e Justine, obrigado pelos comentários.
Beijos

Fabinho disse...

Como essa gente nos fazem falta!
É uma saudade que sempre está batendo em nossa porta.

Abraços!!

al disse...

É verdade Fabinho.
Um abraço

CR disse...

Uma fotografia que traduz pelanmente a força de um sentimento.
Um abraço.

al disse...

É verdade CR. Um abraço.

Pedrasnuas disse...

LAMENTO....UMA PERDA É SEMPRE DOLOROSA...E QUANDO SE TRATA DE UM PAI... É UMA LUZ QUE SE APAGA

BEIJO

al disse...

Pedras Nuas, resta a esperança de que um destes dias haverá um reencontro.
Beijos.